#Saiu na Mídia: Combate à pirataria é destaque na edição de agosto da Revista Top C Level

O combate à pirataria, uma das bandeiras da NAGRA, é destaque na Revista Top C Level, o novo projeto da Newcom Business, que tem Paulo Galante como idealizador e Fernando Moura responsável pela redação. Na edição de agosto, Danilo Almeida, diretor de engenharia de software e novos negócios da NAGRA, expõe em um artigo a importância de travar essa batalha com a tecnologia como aliada.

Pelo lado técnico, monitorar, rastrear e reconhecer conteúdos distribuídos ilegalmente, e detectar as ações ilícitas na fonte, são ações essenciais para minorar a pirataria. Nesse sentido, contribuem para romper a cadeia do crime, tecnologias como as que identificam unicamente o acesso utilizado pelo servidor pirata, como as marcas d’água forenses, que funcionam como uma assinatura digital invisível ao diferenciar a entrega de conteúdo para cada consumidor, medidas de bloqueio de IPs, cortes técnicos, interrupção da transmissão do sinal para dispositivos de satélites ilegais, a análise de dados e a abordagem multidisciplinar de informações por parte das empresas privadas e instituições públicas, bem como ações de execução para que os criminosos não ajam impunemente e sejam alcançados pela lei.

 Igualmente indispensável é lembrar que essa batalha não é apenas das empresas de tecnologia, como a NAGRA, por autores, produtores e distribuidores de conteúdo, que compõem a indústria de Mídia e Entretenimento e a produção cultural do País. A pirataria é um problema social com implicações sociais. E não é difícil chegar a essa conclusão quando se tem dimensionado o tamanho do mercado ilegal que infringe direitos autorais, da ordem de R$ 15,5 bilhões todos os anos, segundo a ABTA – Associação Brasileira de Televisão por Assinatura.

Clique aqui para acessar a matéria completa.

Tags: