agência de comunicação

Uma agência de comunicação ocupará todo meu tempo?

Se você é um executivo ou dono de uma empresa e acredita que contratar uma agência de comunicação vai tomar seu tempo, saiba que não é bem assim.

A ideia, na verdade, é ajudar na gestão do tempo e da produtividade. Por exemplo: você não precisa ir atrás de informações para a agência produzir materiais de divulgação – ela se encarrega disso; não precisa atender diretamente às solicitações de jornalistas – a agência faz a triagem dos pedidos e orienta sobre como proceder; até mesmo a produção de artigos pode ser feita pela agência, geralmente a partir de briefing do executivo ou de pesquisa dos temas por ele sugeridos.

Em uma reunião, com periodicidade definida pela dinâmica de negócios da empresa,  você passa para a agência as prioridades e ela prepara ou ajusta o planejamento de ações. Um material institucional, com informações e dados atualizados, produzido pela agência, tornará esse processo mais rápido e seguro. Os textos e imagens finais são sempre aprovados pela empresa, antes de distribuídos à imprensa.

O executivo não precisa – nem deve – concentrar as tarefas da comunicação. O ideal, caso tenha departamento de marketing ou área de comunicação institucional, é delegar a eles o papel de interface com a agência (se não tiver, a agência procurará poupar ao máximo o tempo do executivo). Assim, ele só será acionado em caso de entrevistas ou em situação de crise, para passar ou esclarecer o posicionamento da empresa.

Você pode ir além, para ter uma comunicação mais eficiente. Em muitas empresas, a assessoria tem assento nas reuniões internas de planejamento, com base numa relação de confiança e em um compromisso formal de confidencialidade.

Veja a dica anterior clicando aqui.

Tags: